Tricotando:

Este ano comemoro meu segundo aniversário ... 2 aninhos de estrada, da forma como sou hoje.

Comecei a pilotar há cerca de 25 anos (putz, tô velha!), mas sempre fui muito dependente.

No início, dependia de meu ex-marido, depois de um ex-namorado, depois dos amigos do motogrupo.

E assim ia eu, rodando apenas qdo alguém conhecido estava presente.

Há dois anos, numa das reuniões do grupo Roda Presa, uns companheiros estavam falando num tal "Abraçando SC" e perguntei do que se tratava.

Eles explicaram e me aconselharam a entrar no site do Cia Liberdade para obter mais informações.

Chegando em casa, fui direto ao site e A-D-O-R-E-I!!! Era exatamente isto que eu queria fazer!

Na reunião seguinte, perguntei, interessada, quem "dos nossos" iria participar (a velha dependência!), e dois deles disseram que "talvez" iriam acompanhar a segunda etapa, qdo o bonde saísse daqui de Baln.Camboriú.

Fiquei frustrada! Queria fazê-lo por completo!

Voltei pra casa com a sensação de vazio ... queria ir, mas ninguém estava disposto a me acompanhar.

Foi qdo me acendeu uma "luzinha de alerta" ... mas quem foi que disse que eu precisava de alguém para rodar???!!!

A saída seria de Laguna e eu sabia muito bem ir sozinha até Laguna!

De lá em diante, além de termos um percurso conhecido, teria um mapa no alforje e estaria acompanhada de muitas outras motos!

Então, esperar pra quê?! Esperar quem mais?!

Fiz minha inscrição e no dia 08 de outubro de 2004 "zarpei" pra Laguna, para participar do 2°. Abraçando SC.

E finalmente me tornei motociclista!

Foi lá que começaram minhas muitas, grandes e boas amizades dentro do motociclismo.

Associei finalmente minha moto ao espírito de liberdade e independência, e acrescentei ainda o sinônimo "amizade".

Por isso que os "Abraçando" são eventos tão importantes pra mim.

 

Em 2005, incentivada pelo Anibal, um gaúcho residente em BC (e que conheci naquele 2°. Abraçando SC), fui participar do Abraçando RS.

Infelizmente um acidente na volta pra casa me tirou fora do "nosso" 3°. Abraçando, mas este ano as coisas correram bem melhores, e os dois Abraçando (RS e SC) foram realizados por completo.

 

Segue abaixo um relato deste 4°. Abraçando SC, mas antes quero agradecer a recepção dos amigos da Tribo (grupo que tb conheci naquela 2a. edição) ... 10, como sempre!!!

Os bate-papos, o carinho e a parceria dos amigos de estrada, novos e velhos!

 

Não vou citar nomes para não cometer injustiça, mas quero dar uma atenção especial, dentre os novos, ao pessoal do Floripa MG, ao rapaz da GS azul que se hospedou no mesmo hotel que eu, e que me ajudou na hora de apertar a relação (antes da janta, lá em Rio do Sul). "Papeamos" no café da manhã e nem nos apresentamos!!! rsrsrs

 

E ao Dionei (que tb só nos apresentamos na chegada, em Joinville), mas que desde a subida da serra, na BR 282, nos deu apoio qdo uma ovelhinha tentou se desgarrar do bando, juntamente com sua MLinha (e que guerreira essa MLinha!!!); mesmo sem nos conhecer ele ficou pra trás, no grupo, pra nos acompanhar. Valeu, parceiro, este é o espírito que nos transforma todos em uma grande e única TRIBO!!!

Enfim, o relato:

Saímos da sede da Tribo do Asfalto, pela SC 301.

Rodamos um trechinho pela BR 280 rumo ao trevo de São Francisco do Sul (para nós: São Chico).

Pegamos a BR 101 até o trevo de Itajaí (onde um cidadão passou "lotado", e nos levou a um breve "rally dos buracos" na marginal da BR). Durante o "rally" percebi a "juntada" do Veríssimo e da Márcia ao bonde (que tb tiveram a oportunidade de participar de nosso belo rally). Entramos finalmente na rodovia Jorge Lacerda (SC 470), passamos por Ilhota e fomos até Gaspar, onde alcançamos finalmente o bonde, virando à direita, em direção à Brusque, agora pela SC 411.

Em Brusque nós abastecemos e seguimos rumo à Nova Trento (terra de Madre Paulina), ainda na SC 411. Margeamos São João Batista e Canelinha, rumo à Tijucas (onde tinha aquele dinossauro, lembra?). Retornamos à BR 101, passando pela entrada de Florianópolis, em direção à Palhoça, onde almoçamos e nosso bonde "engrossou" com mais algumas motos!

Após o almoço, entramos na BR 282, passando por Santo Amaro da Imperatriz (onde paramos novamente para abastecer), Águas Mornas e Rancho Queimado (local do acidente ... pelo que ouvi de uma amiga, o rapaz que faleceu era o técnico do time do Avaí, de Floripa).

Ao pé da serra, nova parada para dar um abraço no aniversariante Jacaré, em Alfredo Wagner.

Lá pegamos a SC 302 (estradinha gostosa pra motokar, sem trânsito, cheia de curvas e de visuais incríveis, típicos do interior). Passamos por Ituporanga e Aurora, rumo à Rio do Sul, onde tivemos bela recepção organizada pelo pessoal do Esquadrilha do Asfalto!

De noite, jantar de confraternização e um merecido descanso!

No domingo saímos pela BR 470 rumo à Pomerode.

No trajeto passamos por Ibirama, Apiúna e Ascurra (Dr. Paulo Zé do Laço e Barreto, que saudades de vcs!); no trevo para Rodeio, entramos na SC 416, e por lá prosseguimos, passando pelo centro de Timbó, chegando à Pomerode, para um rápido abastecimento e desabastecimento (rsrsrs). Mas ainda deu tempo para revermos alguns bons amigos dos Dragões do Vale!

Seguindo pela SC 416, passamos por dentro de Jaraguá do Sul, e alguns quilômetros após entrarmos na BR 280 fizemos mais uma parada para abastecimento, já que seguiríamos direto para São Bento do Sul. Muitos integrantes aproveitaram para vestir suas roupas de chuva, pois correu a notícia de que em Joinville teríamos chuva forte.

Cruzamos São Bento, e agora na SC 301 recebemos um brinde ... uma densa neblina nos esperava na descida da serra Dona Francisca. Que visual! Mas não impediu a tradicional "foto oficial do Abraçando SC", que este ano foi no mirante da serra.

A esperada chuva chegou, mas sem maiores transtornos para o bonde, que disciplinado e precavido, já a esperava.

Entramos novamente na BR 101, no trevo de Pirabeiraba, rumo ao destino final ... a sede da Tribo do Asfalto, em Joinville, de onde havíamos partido na véspera.

 

Um lindo trajeto, sem incidentes, mas com muito companheirismo e amizade, como sempre encontramos nos Abraçando!!! 

... ... ... e até o próximo!!! ... ... ...  M2