Grupo chinês Chongqing Lifan compra fábrica brasileira de motores   [ 2006-03-06 ]

 

Xangai, China, 06 Mar - O Grupo Chongqing Lifan, líder chinês na produção de motos, vai comprar a Tritec, fábrica brasileira de motores da Daimler-Chrysler e da BMW, escrevia sexta-feira o jornal oficial Shanghai Daily.

o jornal refere que a Chongqing Lifan, empresa privada que recebeu em Dezembro uma autorização governamental para produzir automóveis, será a única a concorrer à alienação da fábrica de motores Tritec, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, capital do Estado do Paraná, no sul do Brasil.

"Depois da compra, vamos tomar conta de toda a linha de produção, desmontar a fábrica e trazê-la às peças, para montá-la na cidade de Chongqing, Sudoeste da China", disse ao jornal de Xangai um responsável de marketing da empresa.

Resultado de um investimento de 500 milhões de dólares, em 1996, a fabrica Tritec utiliza moderna tecnologia norte-americana e alemã no fabrico de motores Tritec 1.6,16 válvulas, que equipam os Mini Cooper, os Daimler Chrysler PT Cruiser e os Dodge Neon.

O mesmo responsável disse ao Shanghai Daily que o objectivo da compra é adquirir tecnologia avançada e de consumo eficiente de combustível, para que o processo de desenvolvimento de motores próprios seja mais rápido.

A empresa chinesa investiu mais de 90 milhões de yuan no estabelecimento de quatro linhas de produção com capacidade para 20.000 unidades por ano.

Em meados de Janeiro o grupo lançou o seu primeiro automóvel denominado Lifan 50 e desde essa altura já recebeu encomendas de 16 países.

O Lifan Group pretende começar a exportar veículos para os Estados Unidos em 2008.

Actualmente o grupo chinês está em negociações com dois bancos de investimento, um americano e um britânico, para ser cotado na bolsa de Hong Kong ainda em 2006.

O Lifan Group, constituido em 1992, planeia realizar todo o transporte da fábrica brasileira nos próximos anos, de forma a iniciar a produção de motores na China em 2008.

Actualmente, a fábrica brasileira produz cerca de 250 mil motores por ano.

Entretanto, a próxima geração de motores para os veículos desse modelo da BMW será fabricada pela francesa PSA Peugeot Citroën.

No ano passado, a Tritec exportou 274 milhões de dólares, uma diminuição de 11 por cento em relação ao resultado de 2004.

Desde 2005, a unidade brasileira fornece motores para as fabricantes chinesas Lifan, Faw-Hainan (FHAC) e Chery.

A unidade brasileira funciona numa área de 40.000 metros quadrados e emprega 430 trabalhadores.

Em 2001, a montadora norte-americana Chrysler fechou uma unidade que mantinha também na cidade brasileira de Campo Largo. (macauhub)

http://www.lifan.com/en/75157121611595776/index.asp