Homenagem ao nosso grande amigo e Presidente do

Moto Clube de Viamão

CAMARÃO

A mais de Vinte anos se formou essa grande amizade que eu Zava e Camarão mantínhamos.

Só em pensar nas festas do passado Ipanema, Laguna e em todos os bares vem realmente uma tristeza profunda por esta perca irreparável para mim e a todos que com ele conviveram; foram momentos de pura brincadeiras e momentos de extremas alegrias, parceiro, amigo, leal tinha assim muita experiência em conduzir uma moto. Relembro que em uma das nossas festas em Ipanema o Camarão vinha na frente e vinte anos mais novo tocando sua moto uma CB 400 entrou rápido na curva e eu com uma tenerê não consegui fazer a curva e passei reto entrando num canteiro no meio de uma tenda de melancia acordando quase atropelando o dono da tenda e conseguindo equilibrar a moto por ser ela uma tenerê subi o cordão da calçada e nada aconteceu comigo, todos nós motociclistas estamos expostos ao erro; quem um dia não sobrou ou abriu de mais numa curva, mas tu pode ter a sorte naquele momento de trazer a tua máquina para tua transigência certa, mas nesta ocasião vinha esse caminhão naquele momento também fechando um pouco, não estava  naquele momento,  pois estava mais à frente, aconteceu. Hoje recordo o passado, as fotos, a lembrança daquele amigo querido que jamais vamos esquecer. Sei que o Camarão tinha plena consciência do perigo que a moto representa, assim ele soube passar ao seu filho Guilherme e o mesmo está suportando essa dor como um homem, pois ele tem apenas 15 anos e presenciou tudo estava na carona do seu pai saiu ileso pois o Camarão sofreu todo o impacto, talvez prevendo que se deitasse mais a sua moto o caminhão iria passar por cima dos dois. E o filho Guilherme ficará com o escudo e colete do pai. Perdemos um grande amigo e motociclista, que Deus o receba e que ele possa num futuro maior estar novamente pilotando uma outra moto, numa outra vida, porque realmente ele merece. Adeus do teu amigo Zava!!! Abraço de todos integrantes do Viamão Mc